Inspirações fotográficas nacionais!

Não sei se eu já falei aqui, mas eu adoro fotografia. Tenho meus arroubos de fotógrafo amador e tento, vez por outra, registrar momentos das minhas trips de escalada, e dos meus amigos escalando.  E deixando um pouco a modéstia de lado, eu acho que consigo tirar algumas boas fotos de escalada.

Resting
Diego Delgado na Sinos de Aldebarã, foto de Neudson Aquino

Mas como toda pessoa que adora fotografar, eu também curto muito olhar o trabalho de outros fotógrafos e tentar aprender um pouco mais, com quem manja bem mais do ofício do que eu. Internacionalmente existem inúmeros exemplos de grandes fotógrafos de escalada, e citar eles aqui ia ser cansativo demais. Em vez disso eu preferi focar esse pequeno texto apenas nos nomes nacionais. Alguns são fotógrafos profissionais, que apesar de não ganharem a vida fotografando o esporte, não perdem a oportunidade de clicar momentos fantásticos de escalada. Outros, assim como eu, são fotógrafos amadores, que adoram registrar as trips de escalada, mas sempre buscando um ângulo diferente, uma composição mais interessante, mas todos eles muito bons e que acabam me inspirando na hora que eu empunho a câmera pra clicar algo.

Entre os “pros” do ramo, eu curto bastante ver as fotos do Bruno Senna e do Gustavo Baxter, dois fotógrafos mineiros que mandam muito e tem grandes fotos de escalada, tanto boulder como esportiva! O Gustavo Baxter foi o responsável por várias das fotos do Calendário Garotas Dedos Fritos e o Bruno Senna se destacou ano passado com a cobertura que fez da vinda do Jon Cardwell ao Brasil, tento foto sua aparecendo na Dead Point Magazine!

Andrea Rios, foto de Gustavo Baxter
Andrea Rios, foto de Gustavo Baxter
Jean Ouriques no Amnésia V13
Jean Ouriques no Amnésia V13, foto de Bruno Senna

Tenho que citar também entre os “pros” do ramo, o meu amigo Ricardo Damito, que vez por outra tira a câmera da bolsa pra fotografar as escaladas da gente, embora ele prefira mesmo é tá na ponta da corda, escalando. Mas ainda assim quando ele clica, só sai foto irada! (só falta ele criar pelo menos uma conta no Flickr pra eu poder linkar ele aqui)

Julio Pimentel na Couro de Cobra 8b, foto de Ricardo Damito
Julio Pimentel na Couro de Cobra 8b, foto de Ricardo Damito

Outros nomes que eu gostaria de recomendar e que estão entre os que não ganham dinheiro com fotografia, são o Claudio Brisighello, que eu tive o prazer de conhecer quando fui ao Rio de Janeiro em 2009, e o Naoki Arima. O Claudio hoje está morando em São Bento do Sapucaí, e obviamente fazendo registros belíssimos por lá, mas o Claudio já fotografou em muito canto, desde as falésias do Rio até os boulders de Bishop. E tem cada fotão! O Naoki mora em Vitória no Espírito Santo, e tem registrado continuamente as escaladas por lá, sempre com fotos fantásticas! Gosto muito do trabalho dele, e volto sempre no seu blog pra conferir não só as fotos, mas os ótimos posts, alguns com boas dicas!

"Junta e pow" por Claudio Brisighello, no Flickr
Junta e Pow, foto de Claudio Brisighello
Transiberiana (7c+) por Naoki Arima, no Flickr
Caio Afeto, na Transiberiana 9b, foto de Naoki Arima

Outra pessoa que tenho acompanhado e tem me surpreendido sempre com ótimas fotos, é o Pedro Gomes, de apenas 18 anos, mas já mostrando que tem um talento acima da média na fotografia. Sorte do irmão mais velho dele, Caio Gomes, que acabou ganhando um fotógrafo quase exclusivo pras cadenas!

Caio - Carlinhos in the House V12
Caio Gomes no Carlinhos In the House V12, foto de Pedro Gomes

Com certeza ainda tem muita gente aqui no Brasil fotografando escalada, e provavelmente eu esqueci alguém que já me inspirou alguma vez. Mas toda vida que eu me sentir inspirado de novo por essa galera eu volto aqui pra mostrar as fotos iradas da escalada brasileira!

Facebook Comments