Resenha: On the Circuit

O que você esperaria de um filme de escalada com Dave Graham, Daniel Woods, Paul Robinson e Carlo Traversi? No mínimo, várias cadenas de boulders irados pra deixar qualquer um com a mão suando. Mas infelizmente não é isso que a Prak Midia (The Schegen Files e Welcome to the Hood) entrega no seu mais recente lançamento, On the Circuit.

O filme tenta partir da premissa de mostrar o “circuito” normalmente frequentado por esses monstros em RMNP. Mas a decepção fica por conta dos boulders que fazem parte desse “circuito”, no geral pouco estéticos e sem muito apelo. A única exceção fica por conta da cadena do boulder Paint it Black V15, por Paul Robinson. Tecnicamente, a edição é simples, a câmera raramente fica parada em um tripé (decisão de estilo?!), a captação do áudio é ruim (algumas vezes o barulho do vento no microfone é tão alto que chega a incomodar) e a impressão que fica é que o vídeo poderia ter sido feito por qualquer um, em um final de semana qualquer, pra mostrar pros amigos enquanto toma uma cerveja. A única diferença é que ali estão monstros do bouldering.

Se tem algo de interessante em On the Circuit é o fato de mostrar um pouco do lado menos “glamouroso” da vida de escaladores de elite. A gente vê um pouco deles ralando, procurando os boulders, visualizando as linhas, falando besteira, e em lugares que passam longe daquelas paisagens de papel de parede de computador. Tirando isso, o filme não tem nada de muito interessante e realmente não empolga. De tanto não empolgar, chega a ser ultrajante aquela mensagem contra pirataria no início do filme. On the Circuit é a prova viva de que só “hype” na internet sem um produto final à altura não vai muito longe. Ainda assim, fico na torcida para que a Prak Midia acerte a mão no próximo.

Pra quem quiser adquirir o filme pra ter na coleção, ele está disponível para download HD pelo site 27Crags, e custa $ 9,99 (em torno de R$ 20,00). Deixo com vocês o trailer, que engana um bocado…

Facebook Comments