Primeiro dia do Campeonato Mundial de Escalada

Hoje foi o primeiro dia de competições no Campeonato Mundial de Escalada, acontecendo no ginásio de Bercy em Paris. As disputas começaram bem cedo no horário brasileiro, por volta das 4 da manhã, o que dificultou um pouco acompanhar tudo. Hoje tivemos as qualificatórias femininas da modalidade Dificuldade, as qualificatórias masculinas do Boulder e a primeira via qualificatória do Paraclimbing.

Nas disputas do boulder, sem grandes surpresas. O que chamou mais a atenção foi a ausência de Daniel Woods e Adam Ondra. Os dois apareciam no “startlist”  inicial, mas acabaram não competindo. No caso de Daniel Woods, pode ser o caso de ele nem sequer ter ido a Paris, já que o boulder é a especialidade dele. Já para Ondra, pode ser mera estratégia para se guardar para as disputas da Dificuldade. Isso vamos saber amanhã. Dmitrii Sharafutdinov passou em segundo para as semis fazendo 5 tops, algo que foi alcançado também por 10 outros escaladores. Kilian Fischhuber, Rustam Gelmanov, Guillaume Glairon-Mondet e Sean McColl também passaram com facilidade para as semifinais. O brasileiro Pedro Nicoloso terminou sua participação na 58ª colocação, com 2 tops e 4 agarras bônus. No total foram 22 os escaladores qualificados para a semifinais, devido a 3 escaladores empatados na 20ª colocação.

Nas qualificatórias da Dificulade feminina a grande surpresa também foi a ausência de duas grandes favoritas: Sasha DiGiulian e Mina Markovic. As duas ficaram de fora da disputa devido a lesões. Tirando isso, nenhuma grande zebra. As favoritas se classificaram para a semifinal, na sua maioria fazendo top nas duas vias, que estavam cotadas em 9c e 10a. A brasileira Janine Cardoso não teve uma boa participação e terminou a competição na 49ª colocação. Para as semifinais passaram 26 atletas.

Na disputa do Paraclimbing, o brasileiro Raphael Nishimura escalou a primeira via classificatória da categoria Arthritis+Neurological PD. Me confundi no horário e acabei não vendo ele escalar, e como o site do IFSC ainda não atualizou os resultados da categoria, vou ficar devendo a posição do Raphael. 

Na disputa do Paraclimbing, o paulista Raphael Nishimura ficou com 9ª colocação depois da primeira via qualificatória. Um detalhe interessante na categoria de Nishimura é que a pontuação é calculada utilizando um “coeficiente de habilidade” determinado pela equipe médica do mundial. O coeficiente de habilidade de Nishimura é 3,64, o mais alto entre todos os atletas da sua categoria. Multiplicando esse coeficiente pela pontuação bruta da via, se chega na pontuação final, que no caso de Nishimura foi de 61.9, por ter alcançado a agarra 17. Os primeiros colocados fizeram Top e tem um coeficiente de habilidade de 1.27. Isso indica, que na opinião da equipe médica do mundial, Raphael Nishimura é o atleta com a condição física que mais traz dificuldades para a escalada. Ainda assim ele conseguiu alcançar uma agarra mais alta que muitos outros escaladores e se colocar na classificação geral a frente do escalador francês Philipe Ribiere, que é patrocinado pela Petzl.

Fazendo um balanço da transmissão do Campeonato Mundial de hoje, comparado com o do ano passado em Arco, esse está devendo. A transmissão estava confusa, difícil de saber a ordem dos escaladores, com nomes de atletas sendo trocados e a atualização das colocações bem atrasada. Utilizar a ferramenta de “stream” ao vivo do Youtube foi uma melhoria, mas ainda estou querendo ver um pouco mais de câmeras diferentes e gráficos melhores como vimos no Campeonato Mundial ano passado e estamos vendo na Copa do Mundo. É esperar pelas semifinais pra ver como fica.

Amanhã teremos as disputas da Dificuldade Masculina (agora sim com Adam Ondra), a do Boulder feminino, com a participação de Thais Makino, e mais uma vez o Raphael Nishimura, na segunda via qualificatória. A transmissão começa às 4h da manhã, horário de Brasília, iniciando pela Dificuldade Masculina e depois o Boulder Feminino. Fiquem atentos no site ifsc.tv para acompanhar ao vivo, e caso não possam assistir, fiquem ligados na fanpage do Desce daí, doido! no Facebook, com a cobertura do que vai estar rolando em Paris.

Resultados – Dia 1

Dificuldade Feminino – Semifinal

1. Helene Janicot (FRA)

1. Angela Eiter (AUT)

1. Jain Kim (COR)

1. Momoka Oda (JAP)

1. Charlotte Durif (FRA)

1. Johanna Ernst (AUT)

1. Dinara Fakhritdinova (RUS)

8. Seuran Han (COR)

9. Magdalena Röck (AUT)

10. Christine Schranz (AUT)

11. Evgenia Malamid (RUS)

12. Mathilde Brumagne (BEL)

13. Maja Vidmar (ESL)

14. Yuka Kobayashi (JAP)

15. Anak Verhoeven (BEL)

16. Jenny Lavarda (ITA)

17. Matilda Soderlund (SUE)

18. Cecile Avezou (FRA)

19. Barbara Bacher (AUT)

19. Julia Chanourdie (FRA)

19. Nikki Van Bergen (HOL)

22. Katharina Posch (AUT)

23. Andrea Brigitta Szkely (HUN)

24. Olga Shalagina (UCR)

24. Rebekka Stotz (SUI)

26. Petra Klinger (SUI)

 

Boulder Masculino – Semifinal

1. Guillaume Glarion Mondet (FRA)

1. Dmitrii Sharafutdinov (RUS)

3. Sean McColl (CAN)

3. Rei Sugimoto (JAP)

5. Kilian Fischhuber (AUT)

5. Cedric Lachat (SUI)

7. Rustam Gelmanov (RUS)

7. Stefano Ghisolfi (ITA)

7. Tsukuru Hori (JAP)

7. Thomas Tauporn (ALE)

11. Arman Ter-Minasyan  (RUS)

12. Jeremy Bonder (FRA)

13. Klemen Becan (ESL)

13. Jan Hojer (ALE)

15. Edward Feehaly (ING)

15. Jihwan Park (COR)

17. Marco Antonio Jubes Angarita (ESP)

17. Yury Novitskiy (RUS)

19. Mauricio Huerta (MEX)

19. Victor Koslov (RUS)

19. Roland Rugens (LAT)

 

Atualizado às 17 horas do dia 12/09/2012

Facebook Comments