Felipe Camargo faz o FA da extensão da Coquetel de Energia

Mais um projeto brasileiro cai frente a Felipe Camargo. O escalador paulista esteve esse final de semana no Rio de Janeiro, onde após 2 dias de tentativas, encadenou um dos projetos mais antigos do Brasil, a extensão da via Coquetel de Energia no Campo Escola 2000, sugerindo o grau de 11a “hard” (8c fr; 5.14b us). Para enfrentar o calor, Felipinho acabou escalando à noite, e foi assim que saiu a cadena, sob a luz da headlamp.

Felipe Camargo na cadena da Coquetel de Energia Extensão 11a

A linha original, conquistada em 1996 por Helmut Becker e Luis Pitta, foi o primeiro 10c brasileiro e durante muito tempo a via mais difícil do Brasil. Felipe já havia encadenado essa versão quando tinha apenas 16 anos. Com o “upgrade” a via entrou no limite dos “onzimos” tornando-se  o primeiro 11º grau do Rio de Janeiro e aumentando a lista brasileira de vias nesse grau de dificuldade. Agora resta esperar as repetições da via, o que não deve demorar muito, já que o escalador carioca Fábio Muniz também estava trabalhando o projeto e parece estar muito próximo de conseguir a cadena.

As tentativas e cadena de Felipe, foram registradas para o filme que Felipe Camargo pretende liberar na internet no final do ano, chamado de Brasil Vertical. Mas enquanto o filme não sai, fiquem com o vídeo de Felipe na via original.

Facebook Comments