Diário de Treino: disciplina x cerveja

Se tem uma coisa que eu preciso trabalhar mais do que resistência, força nos dedos, potência, etc, etc, é sem dúvida nenhuma a disciplina. Não tem nada pior pra qualquer programa de treinamento do que a falta dela. E eu mais uma vez me vi encontrando motivos para “pular” o treino  nessa segunda-feira.

Cheguei pra treinar motivado, ia começar o treino de 4×4, quatro boulders seguidos, repetidos 4 vezes, com pouco descanso entre eles. Mas já fui logo ficando tentado pela galera que não estava treinando e tomava aquela cervejinha nos fundos da Fábrica. Ainda consegui me manter focado para fazer a primeira parte do treino, que era justamente o 4×4, que não cheguei a completar por exaustão (creio que a série ficou muito forte, ou estava frenético demais), mas tomei o período de descanso entre a primeira parte do treino e a segunda, que seria focada em treinos de força específicos, como desculpa pra tomar uns goles. Quem apostar que eu não voltei pra completar o treino, acertou.

Talvez pro Kurt Albert funcionasse escalar e beber

Eu sei que é muito tentador tomar uma cervejinha com os amigos. Um acabava de ter voltado do Petzl Roctrip e estava contando o que rolou pra galera. Eu sei que é apenas uma vez na vida que isso rola. Mas é arranjando uma desculpa de cada vez que se estraga uma programação inteira de treinos. Eu não sei o que eu posso fazer para ganhar mais disciplina. Talvez isso só se ganhe com prática mesmo, evitando cada vez mais deixar o treino de lado por outras coisas. Talvez um objetivo, uma meta mais concreta, de curto prazo, possa ajudar. Não sei.

E  vocês ai, o que fazem para trabalhar mais a disciplina? Deixem um comentário, e até a próxima!

 

Facebook Comments