Anna Stöhr e Kilian Fischhuber de volta ao topo em Toronto

Depois de deixarem passar mais uma dobradinha austríaca em Innsbruck, deixando o podium para a dupla alemã Juliane Wurm e Jan Hojer, na última etapa da copa do Mundo de Boulder esse final de semana em Toronto, Anna Stöhr e Kilian Fischhuber voltaram a ocupar os primeiros lugares no podium.

Depois de semifinais disputadas que deixou gente forte de fora. Jan Hojer e Juliane Wurm cairam e não puderam tentar repetir a dobradinha de Innsbruck.  O japonês Rei Sugimoto conseguiu um ótimo resultado, chegando na sua primeira final no ano, e por pouco o mexicano Maurício Huerta não conseguia sua primeira final em copas do mundo, terminando a semi na nona colocação. O escalador da casa Sean McColl confirmou sua força e marcou presença em mais essa final.

A final começou fácil, com todos fazendo top no primeiro boulder. Mas a partir do problema 2 as coisas começaram a ficar apertadas. Entre os homens, apenas Kilian e Jorg Verhoeven conseguiram top no segundo boulder, e abrindo vantagem em relação aos demais. Vantagem que persistiu até o último problema, após o terceiro ter passado sem nenhum top. No último boulder, claramente mais fácil, Sugimoto abriu com um flash, já deixando claro que seria muito difícil Kilian não fazer o mesmo e garantir a sua vigésima vitória em Copas do Mundo. E foi exatamente isso que aconteceu. Kilian, apesar de não conseguir completar o boulder na primeira tentativa, o fez na segunda, o suficiente para superar Jorg Verhoeven, que mesmo com o flash terminou com um bônus a menos do que Fischhuber, ficando em segundo. O terceiro lugar ficou com Jakob Schubert, e o dono da casa, Sean McColl amargou o sexto lugar.

No feminino a disputa era clara entre três escaladoras: Anna Stöhr, Akyo Noguchi e Alex Puccio. Parecia que Alex Puccio queria a primeira vitória em uma etapa da Copa do Mundo, e começou muito conseguindo um flash no primeiro boulder e quase conseguindo repetir o feito no segundo. No terceiro boulder um momento inusitado. Alex Puccio conseguiu o flash, mas acabou errando a agarra de topo, saindo da agarra certa para o seu boulder e indo até a do boulder do lado. Percebendo o erro, ela retornou, garantindo risos e aplausos por parte do público. A disputa seguiu parelha até o último boulder, quando somente Anna Stöhr conseguiu o top, garantindo a vitória e deixando Akyo Noguchi e Alex Puccio em segundo e terceiro, respectivamente.

A próxima etapa da Copa do Mundo agora acontece no próximo final de semana em Vail, no Colorado, que vai contar com a participação maciça dos americanos, entre eles Daniel Woods e Paul Robinson. Nessa etapa também iremos ter a participação da brasileira Thais Makino. Vamos torcer por ela!Deixo vocês com o replay com a final e os resultados.

Copa do Mundo de Boulder – Toronto

Masculino

1. Kilian Fischhuber (AUT)

2. Jorg Verhoeven (HOL)

3. Jakob Schubert (AUT)

4. Rei Sugimoto (JAP)

5. Rustam Gelmanov (RUS)

6. Sean McColl (CAN)

Feminino

1. Anna Stöhr (AUT)

2. Akyo Noguchi (JAP)

3. Alex Puccio (EUA)

4. Shauna Coxsey (ING)

5. Momoka Oda (JAP)

6. Katharina Saurwein (AUT)

Classificação Geral

Masculino

1. Dmitrii Sharafutdinov (RUS) – 361 pts

2. Jakob Schubert (AUT) – 284 pts

3. Guillaume Glairon-Mondet (FRA) – 282 pts

4. Jan Hojer (ALE) – 249 pts

5. Sean McColl (CAN)  – 235 pts

6. Rustam Gelmanov (RUS) – 207 pts

Feminino

1. Anna Stöhr (AUT) – 480 pts

2. Akyo Noguchi (JAP) – 320 pts

3. Shauna Coxsey (ING) – 280 pts

4. Alex Puccio (EUA) – 256 pts

5. Momoka Oda (JAP) – 236 pts

6. Juliane Wurm (ALE) – 225 pts

Facebook Comments