Primeiro 10c à vista para Vini Todero

O escalador gaúcho, Vini Todero encadenou recentemente o seu primeiro 10c (8b+ fr; 5.14a us) à vista! A cadena aconteceu no dia 20 de Abril, com a via Mascle Sensible no setor Figols, próximo a Oliana, na Espanha. Segundo Vini, “é uma via de uns 35m negativa, com uns 20-30º de inclinação de chorreiras e regletes invertidos, meu estilo favorito!!!!

Vini Todero na Migranya Profunda 10c em Siurana

Vini está morando atualmente na Espanha, depois de ter concluído um mestrado no país, e segue escalando por lá. Ele comentou estar escalando bem mais à vista na Espanha do que aqui, devido a quantidade enorme de vias do local. Vini conta que no dia da cadena já havia conseguido seu objetivo, ao encadenar um 10b que havia tentado na semana anterior, e que resolveu entrar na Mascle Sensible, que já estava equipada, apenas para tirar os movimentos. “Nos primeiros 15 metros da via, que são mais de chorreiras, flui super bem, fazendo alguns movimentos no limite, mas sempre passando sem bombar.” Ele seguiu então pela sequência de regletes, no limite, “cada um destes boulders passei gritando e quase caindo, mas sempre conseguia chegar ao próximo descanso, respirar um pouco e visualizar a próxima sequência“, continuando por uma parte mais técnica até alcançar a parada.

Sobre o grau, Vini comenta que é difícil dizer, pois ele vinha de cansaço acumulado e encadenou muito no limite, mas que segundo o guia a via é um 8b+. Vini até tentou conferir com locais se o guia poderia estar errado, e recebeu como resposta que a via inicialmente era um projeto de 8c (11a br) mas que foi decotada, ficando como 8b+. “De qualquer maneira mesmo que seja um 8b já um recorde para mim e foi muito satisfatório escalar esta via“, disse Vini.

Falando em recordes, esse provavelmente é o primeiro 10c à vista por um brasileiro. O que não é surpresa nenhuma ter saído pelas mãos de Vini, que também ainda pode ser o dono do título de primeiro escalador brasileiro a ter encadenado 11a em 2007, com a via “Disciplina Não Ter Jedi Nunca Será”, na Gruta da Terceira Légua em Caxias, mas que ainda aguarda uma repetição. Mas sobre isso Vini comenta: “Primeiro 8b+ de um brasileiro a vista…pode ser… assim como em 2006 e 2007 primeiros 11a’s no Brasil e de um Brasileiro. Mas graus sempre são um pouco subjetivos.  Nunca fui nem serei escalador profissional, ou seja, não tenho que prestar contas para patrocinadores. Se amanhã se confirmar ou não um grau pouco afetará minha vida. Escalo o que escalo porque é minha paixão, e publico alguns feitos mais expressivos para compartilhar, sobre tudo com os amigos que estão ai no Brasil para manter o contato e motiva-los a vir me visitar para escalar e me sentir motivado pelo reconhecimento recebido deles.”

 

Facebook Comments