Felipe Camargo e Camila Macedo vencem o Brasileiro de Boulder 2014

Depois de um ano sem competições nacionais oficiais, a ABEE (Associação Brasileira de Escalada Esportiva) surgiu para tentar fechar essa lacuna e voltar a organizar as competições de forma regular e sustentável. Esse final de semana foi o primeiro “teste” da associação organizando uma competição, o primeiro Brasileiro de Boulder, que rolou no ginásio UBT Escalada em Brasília. E tenho que dizer, apesar de ser suspeito, que o primeiro teste foi vencido com êxito. Mesmo com pequenas falhas aqui e ali, o evento foi um sucesso e os atletas que compareceram abraçaram a competição e transformaram o Brasileiro de Boulder 2014 numa grande festa e um belo espetáculo.

A competição teve o formato festival para a classificatória da categoria Pro, com final de 6 atletas, e somente festival para a categoria Amador. A presença dos atletas foi massiva e cada festival contou com cerca de 50 escaladores. O festival pro rolou de manhã, com todos os mais fortes escaladores participando e buscando um lugar na final, e no começo da tarde rolou o festival amador, do qual participei, que teve um clima mais descontraído, sem fiscais, mas que funcionou bem. Foram 3 horas de muita escalada para cada festival, com belos momentos em ambos e todos escalando ao máximo os 35 boulders criados pelos route setters André Berezoski e Marcelo Balesteros.

Festival bastante movimentado no Pro e no Amador (Foto: Pedra Viva)

Desses festivais acabaram sendo definidos os campeões Junior, Juvenil, Amador e Sênior. No Junior, o grande campeão foi o brasiliense Rodrigo Cesar, que escalou muito e garantiu o primeiro lugar a frente de Yan Kalapothakis e Ian Padilha. No juvenil, o grande campeão foi o paulista Felipe Ho, que por pouco não conseguiu um lugar na final Pro, caso não tivesse esquecido de juntar as mãos no domínio de um dos boulders do festival, o que o deixou em 7º lugar na classificação geral. Em segundo no juvenil ficou o paranaense Matheus  Buschle e em terceiro o paulista Vitor Miyazaki.

Felipe Ho, campeão juvenil e por pouco não entra nas finais. (Foto: Pedra Viva)

No Amador, os representantes do Distrito Federal marcaram presença no podium. No Masculino, quem ficou com o título foi o brasiliense Daniel Carneiro, com o também brasiliense Davi Fantino em segundo e o paulista Renato Salgado em terceiro. No feminino a campeã foi a brasiliense Juliana Nunes, com a mineira Thalita Barbosa em segundo, e a também brasiliense Carol Machado em terceiro. No sênior feminino, a única competidora e campeã foi a paulista Mieko Shraiwa, já no masculino tivemos podium completo, com o brasiliense Sérgio de Brito em primeiro, o paulista Goro Shiraiwa em segundo e o mineiro Haroldo Diniz em terceiro.

A noite rolou a grande final, com 3 boulders para o masculino e 3 para o feminino, que escalaram simultaneamente e o que deixou tudo mais dinâmico e bonito de assistir. O público compareceu em peso, lotando cada pequeno espaço sobrando do ginásio. Estava bonito de ver!

Ginásio lotado nas finais!
Ginásio lotado nas finais! (Foto: UBT Escalada)

Além dos nomes já esperados nas finais, como Felipe Camargo, Pedro Raphael, Thais Makino, Camila Macedo, também teve espaço para gente nova chegar e disputar a final, mostrando uma boa renovação no cenário competitivo nacional. Foi o caso dos escaladores Jonas Leffeck, de Campo Alegre, e Guilherme Costa de Goiânia, que completaram os finalistas masculinos com Rafael Passos e Gustavo Fontes. No feminino tivemos a surpreendente Glauce Ibraim do Rio de Janeiro, que em 2012 disputou o amador, e esse ano já figurou entre as grandes do Brasil, formando a final junto com Maira Vilas Boas, Patrícia Antures e Mara Imbellone.

Camila Macedo no primeiro boulder da final
Camila Macedo no primeiro boulder da final

A final feminina viu todas as atletas fazerem top flash em todos os boulders, deixando no ar a possibilidade de que ou os route setters subestimaram o nível feminino, ou a mulherada subiu muito o nível nos últimos dois anos. Aposto mais na segunda opção. No final das contas, com todas fazendo top flash, o resultado ficou sendo o do festival, que teve a paranaense Camila Macedo em primeiro, Patricia Antunes em segundo e Thais Makino em terceiro.

Felipe Camargo fazendo o top do último boulder da final. (Foto: UBT Escalada)
Felipe Camargo fazendo o top do último boulder da final. (Foto: UBT Escalada)

Já a final masculina teve todos os ingredientes de uma grande final. O primeiro boulder foi encadenado por todos. Já o segundo foi um problemão, e viu quase todas as tentativas fracassarem, exceto a de Felipe Camargo, que conseguiu o top flash. No último boulder, o brasiliense Pedro Raphael ainda conseguiu a cadena, mas já era tarde. Felipe já havia garantido o título por ter sido o único com dois tops flash. Mas ainda assim, ele mais uma vez mostrou porque tem ganhado tantos títulos, e também fez top flash, encerrando com 100% de aproveitamento a final e garantindo primeiro título brasileiro pela ABEE.

Foi um dia intenso, de uma energia incrível em Brasília, e que mostrou que ainda deve vir muita coisa boa no cenário de competições nacionais. Fica aqui os parabéns à ABEE e sua diretoria, que acreditaram que um recomeço era possível, e tiveram a coragem de dar a cara a tapa e fazer acontecer uma competição desse nível. Que venha agora o Campeonato Brasileiro de Dificuldade 2014, em São Paulo, na Casa de Pedra, dia 29 de Novembro!

Campeonato Brasileiro de Boulder 2014

Pro Masculino

1. Felipe Camargo (SP)

2. Pedro Raphael Medeiros (DF)

3. Raphael Passos (DF)

4. Jonas Leffeck (SC)

5. Guilherme Cesar (GO)

6. Gustavo Fontes (MG)

Pro Feminino

1. Camila Macedo (PR)

2. Patricia Antunes (MG)

3. Thais Makino (SP)

4. Glauce Ibraim (RJ)

5. Mara Imbellone (MG)

6. Maira Vilas Boas (MG)

Junior Masculino

1. Rodrigo Cesar (DF)

2. Yan Kalapothakis (MG)

3. Ian Padilha (PR)

4. Lucas Groenner (MG)

5. Ikan Maia (CE)

Juvenil Masculino

1. Felipe Ho (SP)

2. Matheus Buschle (PR)

3. Vitor Miyazaki (SP)

4. Alex Mendes (MG)

5. Emanuel Siqueira (MG)

Amador Masculino

1. Daniel Carneiro (DF)

2. Davi Fantino da Silva (DF)

3. Renato Salgado (SP)

4. André Carvalho (SP)

5. Gabriel de Oliveira (DF)

Amador Feminino

1. Juliana Nunes (DF)

2. Thalita Barbosa (SP)

3. Carol Machado (DF)

4. Andreia Farias (SP)

5. Janine Falcao (PB)

Sênior Masculino

1. Sérgio de Brito Lima (SP)

2. Goro Shiraiwa (SP)

3. Haroldo Diniz (MG)

4. João Pereira (GO)

Sênior Feminino

1. Mieko Shiraiwa (SP)

 

 

Facebook Comments