Puccio e Coleman vencem o Campeonato Norte Americano de Boulder

Esse final de semana rolou o Bouldering Open National, o Campeonato Norte Americano de Boulder. A expectativa pela competição era grande já que seria a primeira vez de Ashima Shiraishi competindo entre os adultos.

O evento aconteceu em Salt Lake City, com uma estrutura de fazer inveja e uma transmissão de primeira. A quantidade de atletas também impressionou. Foram mais de 100 atletas disputando no masculino e 60 mulheres. Números de campeonato mundial. Mas não poderia ser diferente, já que nos EUA o que não falta é ginásio de escalada e a USA Climbing faz um belo trabalho de base.

Fato interessante, que logo me chamou a atenção, foram as regras. O regulamento, especialmente o sistema de pontuação, é completamente diferente do utilizado pelo IFSC. Ainda estou tentando entender direito, mas não existem agarras bônus, e cada agarra a mais alcançada parece contar pontos a mais. Isso sem contar que um boulder encadenado por menos pessoas vale mais pontos que um que teve mais cadenas. Parece funcionar para ser mais “justo”, mas me pareceu tudo um tanto complicado e bem difícil de acompanhar ao vivo.

Alex Puccio vence pela décima vez

Podium feminino do Bouldering National Championships
Podium feminino: Alex Puccio, Ashima Shiraishi e Brooke Raboutou (Foto: USA Climbing)

Na disputa pelo título feminino de 2017 quatro atletas despontavam como as favoritas: a óbvia nove vezes campeã Alex Puccio; a campeã de 2016 de Megan Mascarenas; e a dupla de meninas prodígio de apenas 15 anos, Brooke Raboutou e Ashima Shiraishi. Tudo parecia apontar para Ashima como a campeã, mesmo disputando pela primeira vez entre os adultos. Logo nas classifcatórias Ashima mostrou ao que veio.  Depois de mandar todos os 5 boulders da classificatória em flash, ela ganhou o sugestivo apelido de “FlAshima”.

Nas semis as quatro favoritas cumpriram as expectativas e avançaram para a final. Com Puccio se classificando em primeiro e Ashima em segundo. E como foi bonito ver a disputa das duas. Dois estilos completamente diferentes, mas igualmente eficientes. Ashima levantou o público com soluções totalmente fora do imaginado pelos routesetters, mas mesmo com bons betas, ela ainda precisou de mais tentativas para encadenar os boulders. No final, venceu a força e a potência de Alex Puccio, que garantiu pela décima vez o título norte-americano. Ashima ficou em segundo e Brooke Raboutou garantiu o terceiro lugar.

Nathaniel Coleman repete a dose

Podium Masculino: Nathaniel Coleman, Kai Lightner e Alexsey Rubtsov (Foto: USA Climbing)
Podium Masculino: Nathaniel Coleman, Kai Lightner e Alexsey Rubtsov (Foto: USA Climbing)

Entre os homens as surpresas  começaram logo nas classificatória. Dois grande nomes ficaram de fora logo na primeira fase: Daniel Woods e Sean McColl. Ver esses dois fora de uma final já seria algo inesperado, mas fora das semis foi completamente inimaginável. A grande expectativa da noite era saber se Nathaniel Coleman iria conseguir repetir a dose de 2016.

Nathaniel apareceu praticamente do nada ano passado para ser o campeão norte americano. Nas semifinais parecia até que o desempenho dele de 2016 tinha sido sorte de principiante. Ele quase fica de fora da final, se classificando na última posição. Outros nomes se classificaram bem melhor e pareciam com mais chances de levar o título. O atleta russo Alexsey Rubtsov, participando como convidado, passou em primeiro para a final com Kai Lightner logo atrás.

Mas na final Nathaniel simplesmente “passeou” pelos boulders. Escalando antes de todo mundo, relaxado e sem pressão, ele ditou o nível da competição, mandando em flash os 4 boulders. Não deu pra Kai Lightner, que mesmo escalando bem e fazendo top nos 4 boulders, não conseguiu superar Nathaniel. Em terceiro ficou Alexsey Rubtsov, com um top a menos que os dois primeiros.

Bouldering Open National Championships

Masculino

  1. Nathaniel Coleman
  2. Kai Lightner
  3. Alexsey Rubtsov
  4. Sean Bailey
  5. Shawn Raboutou
  6. Nicholas Milburn
  7. Andy Lamb
  8. Tyler Landman
  9. Alex Waterhouse

Feminino

  1. Alex Puccio
  2. Ashima Shiraishi
  3. Brooke Raboutou
  4. Michaela Kirsch
  5. Kyra Condie
  6. Megan Mascarenas
  7. Margo Hayes
  8. Grace McKeehan
  9. Lily Canavan

Confira abaixo o vídeo completo da final e para os resultados completos acesse a página da USA Climbing.

Facebook Comments