Glauce Ibraim escala seu primeiro 9c

A escaladora carioca Glauce Ibraim conseguiu nessa quarta, último dia de carnaval, a cadena da via Intrusos do Sul 9c (8a fr; 5.12c us), na Barrinha. Esse é o primeiro 9c de Glauce, e marca um ponto importante na evolução da escaladora.

O 9c brasileiro equivale ao famoso e mágico “8a francês”, graduação tida como a “divisória” entre escaladores intermediários e de elite. A estimativa é de que apenas 1% dos escaladores escalam esse grau com regularidade. No Brasil ainda são muito poucas as escaladoras a quebrar essa barreira e Glauce agora faz parte deste seleto grupo.

Segundo a escaladora, a cadena veio no dia que ela menos esperava – “sol forte, sem vento, cabeça maomeno…o projeto saiu!!“. Ela ainda completou em sua conta no Instagram – “Mais uma vez a escalada me mostrou que não conheço meus limites! Não que eu quisesse conhecer, afinal a busca pela evolução me encanta muito mais do que certas certezas!”

Evolução

O primeiro 9c de Glauce Ibraim é apenas mais um passo na evolução constante e rápida da escaladora. Em 2012 a escaladora participou do Campeonato Brasileiro de Boulder ainda como amadora. Na sua próxima participação, em 2014, Glauce já disputava o pro e de quebra cravava uma vaga na final.

De 2014 até aqui ela tem se dedicado a escalar “a muerte” na rocha, revezando entre o boulder, a esportiva e as paredes. No final de 2014 saiu o 9a da Migalhas no Campo Escola 2000, o primeiro. Logo em seguida veio a via Filé com Certeza, também 9a, na Barrinha. Em 2015 veio o primeiro 9b, com a via Crux com Certeza, também na Barrinha, e agora o 9c da Intrusos do Sul. 

Estão na mira de Glauce para as próximas cadenas o 9c da Filezão na Barrinha e o 9c da extensão da Migalhas.  As duas devem solidificar o caminho de Glauce para o 10a, que a julgar pela evolução, não deve demorar.