Free Solo é indicado ao Oscar de Melhor Documentário

Ontem a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA divulgou a esperada lista de indicados ao Oscar, o maior prêmio da indústria do cinema. Enquanto a grande mídia foca na primeira indicação de um filme de herói ao maior prêmio da noite, para os escaladores uma outra indicação chamou mais atenção.

O documentário da National Geographic Free Solo, de Jimmy Chin e
Elizabeth Chai Vasarhelyi, que conta a história da épica escalada em solo de Alex Honnold no El Capitan, em Yosemite, foi indicado ao prêmio de Melhor Documentário Longa Metragem.

Essa é possívelmente a terceira vez que uma produção de escalada é considera para o prêmio. Em 1973 o curta metragem Solo foi indicado ao Oscar de Melhor Documentário Curta Metragem, e em 2003 o filme Touching the Void chegou a ficar na lista prévia de 15 filmes, mas acabou não sendo indicado.

Free Solo já vinha acumulando prêmios em festivais. Foram 14 prêmios no total, incluindo 4 Critics Choice Awards (Melhor Documentário de Esporte, Melhor Personagem Vivo em Documentário, Melhor Documentário Inovador e Melhor Fotografia) e ganhou indicações para outra premiações importantes como PGA (Sindicado dos Produtores), DGA (Sindicato dos Diretores) o BAFTA (o “Oscar” Inglês) e o Sindicato dos Editores. Tudo isso colocou o filme na lista de elegíveis ao Oscar, que diferente de ano anteriores não requeria a exibição nos cinemas para documentários.

Mesmo sem a necessidade de ser lançado nos cinemas Free Solo segue em cartaz nos EUA acumulando uma bela bilheteria para um documentário ($13 milhões), tendo estreado em poucas salas e recentemente está sendo exibido em IMAX.

Concorrem com Free Solo pelo prêmio de Melhor Documentário o sírio Of Fathers and sons, que conta a história de duas crianças  islâmicas, cujo pai  tem o sonho de fundar um califado islâmico. A produção ganhou o prêmio do Sundance Festival e é um dos favoritos ao Oscar; Minding the Gap, documentário norte americano que segue a vida de três amigos skatistas em  Rocktown, Illinois; Hale County This Morning, This Evening, norte americano, que foca na vida de dois negros em Hale County no Alabama; e o também norte amerincano RBG, que conta a vida e a carreira da Juíza da  Suprema Corte dos Estados Unidos Ruth Bader Ginsburg.

do Sundance Festival e é um dos favoritos ao Oscar; Minding the Gap, documentário norte americano que segue a vida de três amigos skatistas em Rocktown, Illinois; Hale County This Morning, This Evening, norte amerincano, que foca na vida de dois negros em Hale County no Alabama; e o também norte amerincano RBG, que conta a vida e a carreira da Juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos Ruth Bader Ginsburg.

A premiação do Oscar acontece no dia 24 de Fevereiro em Los Angeles, na California. Assista o trailer da produção abaixo.

Facebook Comments