Morre Miguel Riera, considerado o “Pai” do Piscobloc

Se você é daqueles que tem o filme King Lines como um dos seus filmes de escalada favoritos com certeza você sabe quem é Miguel Riera. Ele é o cara que guiou Chris Sharma nos psicoblocs de Mallorca e dos dois se tornaram grandes amigos. Mas mais do que isso, Miguel é considerado por muitos como o “pai” do psicobloc, não só por ter sido um dos primeiros a praticar a modalidade, ainda na década de 80, mas por ter sido um dos seus maiores divulgadores, principalmente na sua cidade, Mallorca.

Miguel faleceu ontem, aos 56 anos, vítima de um câncer e sua morte criou grande comoção na comunidade de escalada espanhola. A revista Desnível destaca a hospitalidade de Miguel, que “recebia a todos em sua casa, independente de ser escalador famoso ou não“, e que devotava grande parte de seu tempo em compartilhar a escalada na ilha de Mallorca com qualquer escalador. A revista também destaca o senso de humor de Miguel, que foi autor de uma coluna irreverente nas páginas do periódico espanhol.

Miguel, além de grande embaixador de Mallorca, é o autor dos guias de Escalada Esportiva e Psicobloc do local.

Que descanse em paz!

Facebook Comments