Cesar Grosso libera o Teto do Baú e sugere 11b para a via

O escalador paulista Cesar Grosso conseguiu hoje completar o projeto ao qual estava dedicado há quase um mês: liberar o Teto do Baú, antiga via em artificial aberta em 1979 na icônica montanha de São Bento do Sapucaí e que hoje recebeu sua primeira ascensão em livre!

Foram exatos 22 dias de trabalho, entre regrampeação, limpeza e as tentativas em si. Ao todo, foram 12 chapas trocadas ou adicionadas na via, tudo para tornar possível que ela fosse escalada em livre. Mas depois de todo trabalho duro, parecia que o tempo não ia permitir a cadena.

Foram semanas de tempo ruim, que permitiu a Cesinha apenas poucas tentativas na via seca. Ele chegou a cair indo para a última agarra, adicionando um toque dramático à história que hoje teve seu desfecho.

A via agora tem nome, se chama Origens, que Cesinha graduou como 11b (8c fr; 5.14c us). Para Cesinha a via é mais do que o grau: “Escalador é o que me define como pessoa, e vir aqui, onde tudo começou pra mim décadas atrás e livrar o teto, a 380m do chão e que sempre vi como o coração do Baú, é a maior realização que eu poderia ter como escalador.

View this post on Instagram

Feito! Foram 22 dias subindo e descendo o Baú, 2 horas entre estrada, trilha e escalada até chegar na base da linha. Dias regrampeando a linha e mais dias limpando toda a podridão acumulada desde 1979, quando a linha foi aberta em artificial. Não foi só a via em si, foi toda a intempérie climática com chuvas, tempestade, vento forte e da rocha com muitas agarras quebrando. Manter a motivação em alta foi mais difícil do que nunca! Eu e toda a equipe chegamos no limite em todos os sentidos. A via não é só o grau, mas principalmente todo o significado que tem pra mim. Escalador é o que me define como pessoa, e vir aqui, onde tudo começou pra mim a décadas atrás e livrar o Teto, a 380m do chão e que sempre o vi como o coração do Baú, é a maior realização que eu poderia ter como escalador. “ORIGENS” – 11b (8c+5.14c) Sem palavras para agradecer @eliseufrechou que topou o projeto ainda no ano passado e foi fundamental no processo, desde da regrampeação até a cadena, e junto com @anafujita me hospedaram semanas em casa. @100limitefilmes por registar esse momento e esse feito! @leonard_moreira que também ajudou na logística de inúmeras subidas e descidas. @casadepedra por patrocinar esse feito! @taticaloi por toda a motivação! E muitos outros envolvidos que de alguma forma ajudaram! @climbmaniabr @crazy_theoriginal @franca_e_associados @sbi_outdoor • #climbing #sportclimbing #kletter #arrampicata #sport #rockclimbing #escaladadeportiva #escalada #climbing_pictures_of_instagram #escaladadeportiva #realization #origens @gooutsideoficial @pedradobau @saobentodosapucai #pedradobau #saobentodosapucai #freeclimbing @uoloficial @vejasp #montanha #hard #vivendoosonho #climbing_videos_of_instagram #mantiqueira

A post shared by cesar_grosso (@cesar_grosso) on

Todo o processo foi documentado pelo fotógrafo e filmmaker Murilo Vargas e em breve deve sair um vídeo de todo o projeto. Parabéns, Cesinha, por essa grande cadena!

Foto de capa: Murilo Vargas/100 Limites Filmes

Facebook Comments