Ramon Julian e Jain Kim vencem a quinta etapa da Copa do Mundo em Atlanta

Esse final de semana a Copa do Mundo de Dificuldade cruzou o atlântico e foi até os Estados Unidos para realizar sua quinta etapa. Diferente de outras etapas americanas no passado, dessa vez vários grandes nomes europeus estiveram presentes. Mas não é pra menos. A disputa pelo título esse ano está acirrada e perder uma etapa pode significar uma má colocação na classificação geral. E na casa do Tio Sam quem se deu melhor foi o espanhol Ramon Julian e a coreana Jain Kim.

As competições de dificuldade nos Estados Unidos sempre são um pouco estranhas devido aos muros não serem tão altos, o que acaba obrigando os routesetters a criarem vias com travessias, e trechos de descida que realmente não fica tão legais num campeonato. E dessa vez não foi diferente. Ambas as vias, do masculino e feminino, eram vias bastante longas (mais de 60 movimentos) que se valiam de trechos de travessia para alcançarem o comprimento ideal. Mas ainda assim, os atletas deram um belo espetáculo, com os tops surgindo apenas na final masculina.

Ramon Julian foi um dos que conseguiu o top, escalando muito sólido e confiante. Devido ao seu melhor resultado nas semifinais, ficou com mais essa vitória nessa etapa, encostando em Sachi Ama na classificação geral. Em segundo ficou o austríaco Jakob Schubert, que também conseguiu o top, mas depois de uma bela briga. Em um lance da travessia para entrar no trecho vertical final Jakob perdeu os pés e por pouco não cai. Depois de ter usado bastante força para ficar na parede, parecia inconcebível que ele conseguiria chegar no ponto mais alto. Mas mostrando porque é o campeão mundial, Jakob relaxou, descansou o máximo que pode onde a via permitiu, e tocou até o top, levantando o público. Em terceiro lugar ficou o francês Romain Desgranges, confirmando a sua boa fase nessa temporada.

No feminino, a primeira a puxar o nível na via foi a eslovena Mina Markovic, ainda se recuperando da lesão que a deixou de fora do mundial. Escalando com a calma inabalável de sempre, e no seu estilo altamente técnico e controlado, Mina alcançou a pontuação de 59+, deixando a missão de chegar mais alto para as restantes Jain Kim, Maja Vidmar e Helene Janicot. Mas dessas apenas a coreana conseguiu chegar tão alto, alcançando também a pontuação de 59+, e ficando em primeiro pelo melhor resultado nas semis. Mesmo em segundo lugar, Mina Markovic ainda conseguiu manter o primeiro lugar geral na classificação. Em terceiro ficou a também eslovena Maja Vidmar.

A Copa do Mundo agora vai fazer uma passagem pela Ásia, com etapas na China, Coreia e Japão, para então voltar para a Europa,  finalizando com a já tradicional etapa em Kranj, na Eslovênia.

Copa do Mundo de Dificuldade – 5ª Etapa, Atlanta

Masculino

1. Ramon Julian (ESP)

2. Jakob Schubert (AUT)

3. Romain Desgranges (FRA)

Feminino

1. Jain Kim (COR)

2. Mina Markovic (ESL)

3. Maja Vidmar (ESL)

Ranking Geral (5 de 9 Etapas)

Masculino

1. Sachi Ama (JAP) – 375 pts

2. Ramon Julian (ESP) – 374 pts

3. Romain Desgranges (FRA) – 264 pts

4. Jakob Schubert (AUT) – 256 pts

5. Sean McColl (CAN) – 239 pts

6. Magnus Midtboe (NOR) – 230 pts

Feminino

1. Mina Markovic (ESL) – 370 pts

2. Jain Kim (COR) – 352 pts

3. Johanna Ernst (AUT) – 315 pts

4. Helene Janicot (FRA) – 300 pts

5. Momoka Oda (JAP) – 244 pts

6. Charlotte Durif (FRA) – 214 pts

Facebook Comments Box