Jain Kim e Adam Ondra vencem em dia histórico em Gijon

Ontem a cidade espanhola de Gijon testemunhou um dia histórico. Em uma final emocionante a coreana Jain Kim conquistou o título mundial pela primeira vez com um merecido top na via final, e Adam Ondra garantiu a vitória e bateu mais um recorde, ao se tornar campeão mundial de Boulder e Dificuldade no mesmo ano.

As finais aconteceram nesse domingo e foram absolutamente emocionantes. Ambas as vias começavam bastante técnicas e na segunda metade se transformavam num verdadeiro teste de resistência para os escaladores.

No lado feminino, os olhos se voltavam obviamente para a coreana Jain Kim, campeã da Copa do Mundo de Dificuldade de 2013, e atual primeira do ranking. Em 2012 Kim ficou em segundo lugar, ao perder para a austríaca Angela Eiter, e dessa vez tinha que disputar contra sua principal concorrente da Copa do Mundo, a eslovena Mina Markovic. Kim que  havia passado para a final em primero seria a última a escalar, e do isolamento deve ter imaginado que nenhuma das suas concorrentes havia conseguido chegar ao final da via. As que haviam chegado mais alto eram justamente Mina Markovic, e a austriaca Magdalena Rock, que alcançaram a agarra 47.

Jain Kim entrou precisando apenas igualar as duas para ser campeã, mas em vez disso a coreana mostrou toda a sua técnica e resistência ao cruzar as várias sequências de boulder da segunda metade, mantendo-se ainda com energia suficiente para clipar a última costura. Depois de se manter concentrada durante toda a via, Jain desabou num choro de emoção enquanto era descida pelo assegurador. Uma emoção genuína de quem já havia passado próximo de um título mundial, e que dessa vez não deixou margens para dúvidas, com um merecido top na final.

Emoção de Jain Kim no top da via final!
Emoção de Jain Kim no top da via final! (Foto: Dario Rodriguez/Desnivel)

No lado masculino, Adam Ondra chegava na final empatado com o espanhol Ramon Julian, que também havia conseguido o top na semifinal. Ambos buscavam desesperadamente a vitória. Ondra para estabelecer um novo recorde e se tornar a primeira pessoa a ganhar tanto o Campeonato Mundial de Boulder quanto o de Dificuldade no mesmo ano, e Ramon para se recuperar de frustrantes resultados de temporadas anteriores, depois de ter se sagrado campeão do Arco Rock Master em 2012. Ondra escalava primeiro, e teria que aguardar Ramon fazer sua tentativa para confirmar o título. Ondra escalou muito bem, mostrando porque é o escalador mais forte da atualidade. Descansando nos pontos mais improváveis da via, ele chegou muito próximo do top, ao dominar a anti-penúltima agarra.

Adam Ondra comemorando o top na semifinal (Foto: Dario Rodriguez/Desnivel)
Adam Ondra comemorando o top na semifinal (Foto: Dario Rodriguez/Desnivel)

Chegou a vez de Ramon escalar, e o escalador mais baixo da disputa não se intimidou com a via, seguindo forte e sem hesitações até o final. Ramonet dominou a mesma agarra de Ondra, mas um escorregão do calcanhar o tirou da parede, impedindo que ele fizesse o próximo mov que lhe daria o título. Realmente uma pena para Ramon, mas um momento histórico para a escalada, que tem pela primeira vez o mesmo campeão no boulder e na dificuldade!

Com esse resultado Ondra só confirma ainda mais, no auge dos seus 21 anos de idade, que vai ficar conhecido por gerações a fio, como o melhor escalador de rocha que já surgiu, com desempenho igualmente alto tanto rocha quanto nas competições.

O calendário de competições continua com a Copa do Mundo de Dificuldade, com ainda mais quatro etapas até o final, e esse final de semana com o Campeonato Mundial Juvenil, nas modalidades velocidade e dificuldade.

Campeonato Mundial de Escalada 2014 – Dificuldade

Masculino

1. Adam Ondra (CZE)

2. Ramon Julian (ESP

3. Sachi Ama (JAP)

Feminino

1. Jain Kim (COR)

2. Mina Markovic (ESL)

3. Magdalena Röck (AUT)

Para o resultado completo, acesse o site do IFSC. E caso você tenha perdido as finais, acompanhe no vídeo abaixo como foi a disputa.

Facebook Comments