Lorena Hoffman encadena seu segundo 10b em Corupá

A escaladora paranaense Lorena Hoffman encadenou, no dia 02 de Julho, a via Kattegate 10b, no pico de Corupá, localizado no Parque Natural do Braço Esquerdo em Santa Catarina. Esse foi o segundo 10b (8b fr; 5.13d us) de Lorena e a primeira ascensão feminina (FFA) da via aberta em 2016 pelo escalador Marcio Gualberto.

Lorena contou que se sentia um pouco intimidada pela via no começo – ” Não me via em condições de mandar uma via daquelas. Parecia bastante física e difícil. Parecia bem difícil, e era mesmo.

A via, segundo Lorena, tem longas sequências de resistência separadas por descansos ruins, um crux boulderístico na casa do V6/7, mais ou menos na metade da via, e um final delicado. “Antes de fazer o final têm um descanso pra acalmar o coração e depois têm um lancezinho esticado e delicado, que dá pra cair, mas não é duro. Não dá pra relaxar, tem que manter concentração total.

O primeiro 10b de Lorena foi com a via Toucinho, também em Corupá, em dezembro do ano passado. Foi também a primeira ascensão feminina da linha e colocou Lorena no seleto grupo de brasileiras a ter encadenado uma via nesse grau de dificuldade, que inclui as cariocas Luciana Di Franco, primeira brasileira nessa graduação, Bianca Castro, e a paulista Janine Cardoso.

A cadena mais forte registrada por uma brasileira até o momento é justamente de Luciana Di Franco, que escalou a via Geminis 10c em Rodellar na Espanha.

Foto de Capa: Felipe Sisan

Facebook Comments